Notícias


Publicado em:
8
6/2018

Dermatologia natural oferece diversas opções de tratamento para problemas comuns de pele

Em palestra no segundo dia do Painel de Cosméticos Orgânicos e Naturais, Soraia Zonta, da Bioart, e a médica Patrícia Aguiar Silveira apresentaram alternativas naturais de tratamento.



Metatags:

No dia 8 de junho, a Arena Inspiração da Naturaltech recebeu palestra a respeito da Dermatologia Natural, dentro da programação do Painel de Cosméticos Orgânicos e Naturais.

Soraia Zonta, da Bioart, contou que foi a partir da sua experiência pessoal, em 2010, que nasceu a empresa. “Eu digo que sou alquimista de alma, porque eu comecei a fazer os meus cosméticos para tratar a minha pele. Eu tenho alergia à maquiagem e acabei desenvolvendo os produtos para tratar minha pela de forma natural, orgânica e vegana”.  

Hoje a Bioart orgulha-se de dizer que é pioneira no Brasil a criar eco make-ups à base de argila especial e bioativos selecionados para ofertar as maquiagens e linhas de tratamentos bionutritivos com elementos naturais, orgânicos, saudáveis e veganos.

A dermatologista Patrícia Silveira explicou que, diante de tantos tratamentos evasivos, ela acabou se especializando em fitoterapia e a partir daí voltou o seu olhar para as praticas e ingredientes naturais. “A dermatologia natural é a valorização das coisas naturais e orgânicas. É ter a possibilidade de ter produtos livres de toxinas, de conservantes e de substancias que sabemos que não são seguras. Acredito que este será o futuro à medida que as pessoas começarem a entender que precisamos nos desintoxicar”, explica Patrícia.

Durante a palestra, a Soraia ressaltou os lançamentos da Bioart - com a colaboração da Doutora Patrícia – voltados para as mais comuns doenças de pele, como acne, dermatite seborreica, dermatite atópica e melasmas, por exemplo.

Para quem sofre com acne, a dermatologista esclareceu sobre a importância da limpeza de pele com um esteticista, para fazer a remoção dos cravos. Já a esfoliação é uma forma saudável de renovar as células da pele, mas sempre com produtos não agressivos - ou seja, com um PH que vá além do ponto que a pele tolera e, por fim, fazer a tonificação da pele.

Em relação aos lançamentos, Soraia destacou a linha Detox, que conta com sabonete à base de argila verde e chá verde, água floral, máscara com argila verde e copaíba e um creme hidratante, feitos com nanotecnologia biodegradável.

Patrícia explicou também que o melasma é que algo gera muita frustração por não ter cura, mas que tem controle. Voltado para o problema, as especialistas indicaram, por exemplo, a máscara iluminadora bionutritiva, feita de argila dourada e Castanha do Brasil. Ela é indicada a todos os tipos de pele, devido às suas propriedades de imitar a fisiologia cutânea de forma personalizada e inteligente.

Para que um produto seja considerado dermatologia natural, é necessário que não contenha ingredientes sintéticos, tóxicos, que resultam em doenças, manchas de pele, alergias etc. A Bioart criou uma “lista negra” que tem como fonte o EWG (Environmental Working Group) - uma organização que pesquisa o nível de toxinas presentes nos comércios – em que é possível saber como elas agem e como substituí-las.



Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Bio Brazil Fair e Naturaltech movimentaram os negócios e o consumo dos universos orgânico e natural

Principais eventos da América Latina em seus segmentos, feiras receberam mais de 40 mil visitantes – crescimento de 60% sobre o ano passado – e ainda ofereceram 120 horas de informação e debate sobre as principais tendências.
Leia Mais

Amantes do florais podem conhecer o lançamento pomander® yoga purificação

A Monas Flowers, é distribuidora do sistema floral mais antigo do mundo, o Floral de Bach Original e o RESCUE®, desenvolvido pelo inglês Dr. Edward Bach.
Leia Mais

PANCS na alimentação: Palestra desmistifica universo que ainda precisa ser explorado

Crista-de-Galo, Botão-de-Ouro, Caruru, Taioba, Ora-pro-Nobis. Quem nunca ouviu falar nesses nomes é considerado um analfabeto botânico.
Leia Mais